Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!

sexta-feira, julho 11, 2008

Como servir o vinho à temperatura certa

Todos nós temos o eterno dilema de como manter o vinho a uma temperatura correcta de consumo. Desde caves ultra sofisticadas até ao simples balde de gelo encontramos de tudo. Ao navegar pela internet encontrei um site com um produto que considero com potencial interessante, ainda não será a solução perfeita mas parece-me caminhar no sentido certo, ou seja, o que se pretende é arrefecer o vinho e não necessariamente a garrafa.

O Ravi propõe-se introduzir um sistema que, juntando ao gargalo da garrafa um sistema de tubos previamente arrefecidos no frigorífico (durante 6 horas!), permite regular o fluxo de vinho a despejar para o copo, havendo mais ou menos tempo de contacto entre o vinho e o frio, controlando assim a temperatura do vinho a ser servido. Parece-me um bom ponto de partida, se cumprir com as suas promessas, apenas identifico 2 questões, o facto de o sistema ter de estar 6 horas no frigorífico antes de poder ser utilizado, o que limita a sua utilização nos restaurantes por exemplo, e o facto de o controlo do fluxo de vinho ser feito através do abrir e fechar de uma válvula com o polegar, o que me parece limitar o sucesso do aparelho a utilizadores um pouco mais experientes.

Volto a dizer que me parece um produto interessante e com pernas para andar, ainda que o seu preço ainda possa ser um pouco elevado, cerca de 50$. Pelo que sei não está disponível em nenhuma loja portuguesa mas o site indica diversas lojas online que permitem a sua compra em qualquer parte do mundo.

Site Oficial: Ravi Solutions

4 comentário(s):

Copo de 3 disse...

Sempre li e ouvi dizer que uma mudança brusca de temperatura, faz mal a qualquer vinho, seja meter o vinho que se tem no armário directamente no congelador, ou literalmente a aquecer um tinto bruscamente apenas porque saiu da cave a coisa de 10ºC e o queremos servir a 18ºC.

Aqui a conversa é a mesma, o vinho que esteja a temperatura ambiente, e passe na dita coisa siberiana, fica como ?

Será este um procedimento correcto ?

Continuo a pensar que água com gelo é a melhor solução, e caso não se queira molhar a garrafa, temos sempre uma película transparente para proteger o rótulo.

Pratas disse...

Interessante. No entanto tenho as mesmas preocupações do João, a mudança brusca de temperatura afectará de facto a qualidade do néctar?

Abraço

rui disse...

Caro Pratas,

encontra-se facilmente, em diversa literatura sobre vinhos, referências à mudança brusca de temperatura. Ao que parece não é o mais aconselhável.

Já tinha discutido esta questão com o Ricardo, e já lhe tinha dito que não gastava um tostão neste gadget pela simples razão que não me resolve o problema.

E qual é o meu problema? Servir o vinho à temperatura correcta. Não é gelado nem ligeiramente mais fresco. É à temperatura correcta.

A partir do momento que não consigo controlar a temperatura a que sai o vinho da garrafa já não me interessa.

E neste particular o balde com água e gelo tem o mesmo problema, acrescido também do choque térmico (não será porventura tão grande como neste gadget). E mais, tanto o balde com gelo, como o congelador, ou outro método de arrefecimento, se não conseguir manter a temperatura, acarreta os problemas normais de ter que tirar a garrafa do frio pq já está frio demais, depois começa a aquecer e voltamos a colocar no balde, e assim sucessivamente até acabarmos com o vinho.

Portanto, o meu dinheiro, em casa, foi gasto num pequeno refrigerador para 18 garrafas. Impecável. Tenho sempre um conjunto variado para todas as ocasiões a 16º (sim, é verdade, só tenho tintos e vintages/LBV's novos). Existem baratos nessas lojas online de electrodomésticos e afins.

Fora de casa, só gasto um tusto em gadgets quando inventarem algo que arrefeça para a temperatura pretendida e mantenha nessa temperatura o tempo necessário à conclusão sem pressas da garrafa.

Um abraço,
RC

Copo de 3 disse...

Pois é mas quando tiras a garrafita da cave... ficas com a maravilhosa temperatura ambiente, que digamos apenas em noites de inverno baixa dos 18ºC

Pois é verdade, sempre podemos ter um AC daqueles potentes que mete a sala à temperatura desejada, dá um gozo enorme poder provar numa sala assim :)

Template original desenhado por Dzelque Blogger Templates