Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!

quinta-feira, julho 27, 2006

Wine Passion

Este ano de tem sido fértil no aparecimento de novos projectos na área da divulgação do vinho. Desde os inúmeros blogs (incluindo o nosso) até ao formato mais clássico: a revista de vinhos especializada. Depois da Blue Wine, agora a Wine Passion.

Em comum têm o nome em Inglês. Ao contrário da designação mais funcional e desprovida de qualquer criatividade da portuguesa Revista de Vinhos. Porventura a denunciar uma colagem de inspiração francesa: La Revue du Vin de France.

Folheando a revista descobre-se outra característica comum: a escala de notas de prova. A única diferença para a Blue Wine é que a classificação considerada média abrange os valores 12,5 a 14,5 ao contrário da BW que compreende os valores 13 a 14,5. Não sei se foi propositada a “colagem” à BW invés da adopção da escala da RV. Juntam-se os mais fracos!

Lida e relida a revista é difícil encontrar grandes motivos de elogio. Apesar de no editorial se referir o objectivo de se querer ser diferente, rapidamente descobrimos que a única diferença é o facto de esta ser uma revista bilingue. O facto de ter todas as peças escritas em Português e Inglês (é preciso mais cuidado na tradução) retira espaço aos artigos, tornando-os demasiado simples, redutores e desinteressantes. Se verificar que só leio metade da revista e que mesmo essa metade não me traz nada de novo, os 3,5 € que me custou a revista foram um desperdício. Aliás, estou curioso por saber se o facto de estar traduzida em Inglês (e nota-se que os artigos foram traduzidos e não escritos) irá trazer quota de mercado junto do consumidor estrangeiro. Acho que é uma aposta falhada.

Um dos aspectos mais interessantes em qualquer revista deste tipo (quer se queira ou não) são as provas de vinhos realizadas. Neste caso, desoladoras! Nas provas do mês apresentam-se 23 vinhos em que nenhum dos vinhos, excepto os Portos, obtém uma nota acima do 15,5. Por exemplo, a Blue Wine teve o cuidado de na primeira edição apresentar um enorme número de vinhos provados e quase todas as grandes estrelas lançadas por altura do fim do ano (incluindo vintages). Mais, faz-se na Wine Passion uma prova temática de rosés com apenas 7 vinhos. Se calhar têm que mudar o texto apresentado nas regras de prova de “... os produtores devem enviar as mostras até ao dia 4, voluntariamente ou mediante solicitação da Wine Passion.” para qualquer coisa como: “caríssimos produtores se não fosse muito o incomodo, agradecíamos que nos enviassem umas amostrazinhas de vinho de modo a conseguirmos apresentar mais de meia-dúzia de vinhos provados por tema”. Isto deu-me uma ideia que vou propor, na próxima reunião do conselho geral dos membros deste blog, que passa por colocarmos também uma mensagem a pedir a produtores que nos enviem amostras de vinho voluntariamente ou a nosso mando, senão ... como castigo não os provamos. Que é para aprenderem!

Resumindo, muito fraquinho!


p.s. Artigo sobre o Mateus Rosé. Foto em grande destaque da garrafa do Mateus Tempranillo. No rótulo, por cima da marca Mateus, aparece: “a taste of spain”.

5 comentário(s):

Anónimo disse...

Perfeitamente de acordo

ricardo disse...

Para além de tudo isto, há algo que me intriga, a revista é traduzida para inglês com que objectivo? Se é para apanhar consumidores estrangeiros, sugiro que passem a ter mais artigos que possam interessar a estrangeiros, porque apesar de traduzida as notícias e os artigos praticamente só interessam a portugueses...

João disse...

Sem querer desculpar o conteúdo da revista, descobri que um dos principais objectivos da revista é ser colocada de forma gratuita em hotéis, pousadas e eventos turísticos, de forma a poder ser lida por estrangeiros (ao género das revistas que existem nos aviões).

De qualquer forma, se assim é, porque também a colocam à venda?

Basta distribuirem de forma gratuita e pronto.

JP

Anónimo disse...

A enofilia está a propagar-se cada vez mais. De repente é moda apreciar-se vinhos e começa a haver lugar para mais revistas. Eu acho que é bom termos por onde escolher. Sempre odiei monopólios.

Anónimo disse...

Excellent, love it! San juan capistrano internet advertising Moving company rate front porch rocking chairs home+tooth+whitening+light kitchen table chair Imac hard drive replacement transexual escorts in ohio Lexar 1gb 80x pro compact flash Nasty webcam To f facial plastic surgery black jack card game online Bandwidth affect internet access http://www.pussy-hairy-1.info/Gay-norwegian-boy.html propecia+before+and+after+picture ikea sex chair Programming instructions lucent 8110m phone Eero aarnio ball chair

Template original desenhado por Dzelque Blogger Templates