Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!

sexta-feira, janeiro 18, 2008

Pap'Açorda

Fui esta semana a este conceituado restaurante do Bairro Alto que dá pelo nome de Pap'Açorda.

Já por diversas vezes que tinha por curiosidade ir jantar ao Pap'Açorda, quer pelos inúmeros comentários de conhecidos ou mesmo por ser um dos restaurantes sempre na moda, desde há uns bons anos a esta parte.

Confesso que antes de escrever este post, neveguei um pouco pela net para comparar a minha opinião com os restantes clientes.
Alguns excertos no livra.pt , e peço desde já desculpa pelos direitos de autor

"O Pap´Açorda é simplesmente o melhor restaurante de comida portuguesa de Lisboa. Os peixinhos da horta são embativeis! Assim como tudo o resto. A carta de vinhos é excepcional. É impossivel fazer uma escolha errada tal é a qualidade do stock."
"O Melhor: A comida
O Pior: Dificil..."

"pra mim é o melhor restaurante portugues, desde o espáço, ao serviço..e finalmente a comida..."
"O Melhor: tudo
O Pior: nada"

Bem, opiniões para comentar mais à frente.

Seguindo alguns conselhos, telefonei para reservar mesa, só tinham disponibilidade para as 22h.
Chegando à rua da Atalaia, lá procurei o nº 57, e ao entrar confesso que não foi o que eu estava à espera.
Sabendo agora que a sua fachada foi concebida inicialmente para uma padaria, a mim parecia-me mais uma entrada de um prédio antigo, aliás eu estava sentado virado para a porta e só me parecia que se me virasse para trás, teria dois daqueles elevadores antigos com portas de ferro que temos de abrir antes de entrar.

Lá me indicaram a mesa, na zona de fumadores (devido à companhia). Segunda impressão - cadeiras de café, e tudo muito junto, quase sem podermos passar entre as mesas, cheio e muito, muito barulhento.
Após uma análise mais cuidada, todos se conheciam, parecia mais um restaurante de esquina em que os estudantes vão começar a beber uns copos, só que em vez de estudantes, temos pessoas mais velhas e com dinheiro. Levantam-se de uma mesa e vão sentar-se noutra, todos se comprimentam à chegada, à partida e durante as refeições.
Atenção, não digo que isto seja um defeito, mas estava à espera de algo mais sossegado.

Após analisar a ementa, resolvemos pedir de entrada um pastel de queijo de cabra com rúcula (14 €) para dividir entre os dois, uma açorda de bacalhau (16€) e um bife com pimenta(24€), acompanhado de batata frita e esparregado.
Se até então a opinião não era muito boa, com a chegada da comida, esta foi melhorando.
O pastel estava delicioso, a açorda (com bacalhau cru desfiado) encheu-nos as medidas e o bife, que pedi médio, e veio mais a apontar para p mal passado, mas mesmo assim consegui comer e apreciar todo o seu sabor. Sim, confesso, a comida é deliciosa e faz rapidamente esquecer o preço.
Eu não me importo de pagar bem, desde que a comida venha a condizer com esse estatuto, e aqui sim, ficamos excelentemente bem servidos.

A carta de vinhos, primeiro e contradizendo um pouco um comentário acima "plagiado", de excepcional não vi nada a não ser o preço.

Pouca oferta, 6 ou 7 de vinhos alentejanos e depois 2 ou 3 cada uma das restantes zonas - Douro, Dão, Estremadura, Sado, sendo depois complementada com os vinhos de garrafeira - Barca Velha a 165€, Pera Manca a 140€, Marques Borba Reserva a 71€, entre outros
Não concordo que seja por um restaurante ter estes vinhos "raros" a preços exorbitantes que se diga que tem uma carta de vonhis excepcional.
Voltando à lista normal, para cada zona tinham um vinho com preço a rondar os 17/18€ e um a rondar os 29/30 €.
Não discordo desta abordagem, mas achei a oferta bastante limitada. Por exemplo para o Douro tinham o CARM 2004 a 18€ e a Quinta dos 4 Ventos a 29€ (custa cerca de 10 € nas garrafeiras). Optei pelo CARM.
Primeira correcção, na lista de vinhos está o CARM 2004 e serviram o CARM 2005.
De referir também que faz parte da lista uma quantidade significativa de vinhos a copo, a preços a condizer com o custo da garrafa, mas mesmo assim é de louvar cada vez mais estas formas de vender vinho.

O vinho, como normal em muitos restaurantes, está acondicionado em prateleiras por cima do balcão. Mesmo assim, este nem vinha muito quente.
Quanto aos copos, mais uma vez voltamos à normalidade de grande parte dos restaurantes, um copo maior para a água e um copo menor para o vinho, não sendo um copo do tipo "joker", também não é um copo para vinho.
Quando me vieram servir o vinho, questionei se não tinham outros copos, e o empregado olhou para mim, olhou para a garrafa e perguntou "copo diferente como ? para a água ?"
Lá expliquei que queria um copo de vinho mais adequado e ele (possivelmente contrariado) lá foi buscar dois copos de prova (em tudo equivalente aos copos disponibilizados na FIL Vinhos e Sabores), copos interessantes para prova (pessoalmente não são dos meus preferidos) mas pequenos e insuficientes para acompanhar uma refeição. Questiono se serão nesses copos que servirão os Barca-Velhas e os Pêra-Mancas!!

Para sobremesa, uma tarte quente de maça com gelado de baunilha (6,5€) a dividir entre os dois. Já tinha ouvido falar da famosa mousse de chocolate, mas optámos mesmo por este doce, que nem é dos meus favoritos.
Simplesmente divinal, recomendo e torno a recomendar, aliás, estou a escrever e ainda a saboreá-la.

A conta no final, cerca de 85€, sem digestivos. Bem vi lá um Palácio da Breijoeira Aguardente Vellha a 12,50€ mas já era tarde e no dia seguinte era dia de trabalho.

Conclusões, um restaurante interessante de experimentar. Comida maravilhosa com preços a condizer.

Das condições e instalações, já não fiquei muito adepto.
É um restaurante da moda, de gente cosmopolita como se auto intitulam , de artistas, de tias e tios, e como em quase todos estes tipos de restaurantes, mais vale cair em graça do que ser engraçado.

Restaurante a voltar ? não sei, mas duvido que seja no curto/médio prazo.

Abraço a todos

JP

4 comentário(s):

Kroniketas disse...

Bom, eu já lá fui algumas vezes sobretudo pela açordade marisco, que deve ser a melhor de Lisboa... e do país. Quanto ao resto, 24 € por um bife é algo obsceno. Pode-se comer ópitmos bifes por preços bem mais simpáticos. É sobretudo pela açorda que vale a pena lá ir, embora as outras iguarias não sejam de desprezar.

Anónimo disse...

é pena a arrogância do senhor que se intitula "proprietario" ao telefone.. perdeu vários clientes! julga que tem tudo garantido, mas um dia com esta atitude vai ver onde para..

João disse...

Boa tarde.
Não foi a primeira vez que tentei a marcação ao telefone para o PAPA AÇORDA. E é sempre com tristeza que eu constato que o Snr.Miranda
(Propriétario do mesmo) trata as pessoas com arrogancia e má criação. Da primeira vez sem ser ao telefone apresentei-me com amigos no restaurante e foi-nos dito que teriamos de esperar 15 m.. como estava a chover pedimos o favôr de estar ali dentro resguardados. a resposta foi: Não temos nada com isso!!! terá de esperar lá fora. se não quiser vá a outro lado.. tem muitos restaurantes por aì...
Fiquei de boca aberta!!! Então é assim que se tratam os potenciais clientes.. Hoje depois de muita insistência dos meus amigos italianos resolvi chamar por telefone a fazer reserva.. foi tudo bem, até ao momento em que esse snr. achou que eu deveria dar-lhe um contacto. Mas só podia ser telemóvel. Disse-lhe que não entendia porquê, já que disse ter lugares para essa noite e portanto não via necessidade disso..e eu próprio lhe garantia a nossa comparencia. De imediato e perante a minha recusa passou a ser insultuoso, malcriado e agressivo.. Aliás não sou o primeiro a a sentir e ouvir os impropérios deste "Snr"?.. è pena que isto esteja a durar já muito tempo com este tipo de atitudes.
Esse Snr deveria ter muito mais cuidado com o atendimento e com a lingua ao telefone e ao que eu já sei tb não é só ao telefone...
Vou agir em conformidade a começar pela internet e desaconselhar o nome deste restaurante. não pela comida. mas sim pelo comportamento deste Snr. Miranda que será tudo menos un gentleman... o Homem é de facto horrivél. Acha-se de barriga cheia. Mas vai-lhe sair o tiro errado....o maximo da arrogancia.

José Barbosa e Silva disse...

Super mal educados e arrogantes. A comida nada de especial, preço não corresponde à realidade. A não ir.

Template original desenhado por Dzelque Blogger Templates