Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!

quinta-feira, setembro 28, 2006

Hipermercados em feira (2)

“Eu tive um sonho. Um sonho onde vinhos de todas as gamas e estilos conviviam. Brancos e Tintos. Baratos e Caros. Antigos e Novos. Mas todos em grande promoção nos hipermercados de Portugal”.

Começou esta semana as feiras de vinhos nos três principais hipermercados do país:

  • Continente – 26/09 a 15/10
  • Feira Nova – 25/09 a 18/10
  • Jumbo – 25/09 a 15/10

O Feira Nova apresenta uma lista muito fraca. Por exemplo, conta-se pelos dedos de uma só mão o número de vinhos a cima do 10€. Quatro. Nunca foi tão decepcionante. Lembro-me que em anos anteriores comprei vinhos como o Qt. Monte D’Oiro Reserva 2000 ou o Qt. Mouro Reserva 2000. Nem categoria de generosos tem. É passar à frente.

O Continente tem uma vantagem em relação ao Feira Nova. Não precisamos de nos deslocarmos ao recinto. Poupa a visita. Online, conseguimos vislumbrar toda a lista de vinhos em promoção. Enquanto percorro todas as regiões vinícolas, a decepção e o desânimo apoderam-se do meu espírito. Fraco, muito fraco. Até que de repente no fim (ordenado por preço) daquela pobreza franciscana saltam à vista dois vinhos do Alentejo que parecem claramente perdidos no meio daquele deserto: Qt. Viçosa Touriga Nacional/Merlot 2003 – 24,90€ e Qt. Mouro 2003 – 25€.

Se estivesse a contar com os dois primeiros então o meu sonho estava morto. Mas confirmando o meu vaticínio, deixado em comentário no post anterior, a feira do Jumbo veio reanimar a fogueira que alimenta o sonho. É de longe a melhor. Tem vinhos para todas as bolsas, tem novidades e tem cuidado na selecção dos vinhos e dos produtores. Aliás, consegue-se encontrar nos dois patamares de preços, mais baixo e mais alto, vinhos e produtores que dificilmente se encontram nos outros hipermercados. E não é só agora em tempo de feiras.

Também online se consegue vislumbrar o catálogo dos vinhos em feira. Posso dizer-lhes que são capazes de ter algumas surpresas. Vejamos a minha selecção:

Douro
Evel Grande Escolha 2003 – 12,38€ (era 12,80€ na feira do Carrefour. Porra, já fui roubado!)
Qt de la Rosa Reserva 2004 – 19,27€
Qt. Quatro Ventos 2004 – 7,29€
Qt. Javali 2004 – 12,95€
(curiosidade)

Bairrada e Beiras
Qt. Baceladas 2003 – 6,65€ (este é da responsabilidade do Pingus Vinicus :) )
Versus 2004 – 5,39€ (é uma novidade. Já provei e não é nada mau)

Ribatejo (em honra de um amigo de Santarém que diz que eu só digo mal dos vinhos da região. Logo três, hem! :) )
Conde Vimioso Reserva 2003 – 13,49€
Qt. Alorna Reserva Touriga Nacional/Cabernet Sauvignon 2003 – 5,68€
(a ver o que isto dá)
Qt. Alqueve 2 Worlds Reserva 2003 – 12,25€ (não é fácil ver este vinho à venda. Curiosidade. É também uma combinação T.Nac. com Cab. Sauvignon)

Terras do Sado
Casa Ermelinda Freitas Touriga Nacional 20037,79€ (este também é à responsabilidade do Pingus Vinicus :) )
Adega de Pegões Trincadeira 2004 – 4,58€ (acho que esta cooperativa faz bons vinhos baratos. Novidade a experimentar)

Alentejo
António Maria 2002 – 59,97€ (Surpresa das surpresas. Um prémio de excelência da Revista de Vinhos por aqui? É correr antes que esgote.)
Casa de Zagalos Reserva 2003 – 10,39€ (já aqui classificado – 3 rolhas)
Herdade Perdigão Reserva 2003 – 18,75€ (já aqui classificado – 3 rolhas)
Dona Maria Reserva 2003 – 22,98€
Herdade Pias Reserva 2003 – 11,98€

Generosos
Qt. Infantado LBV 2001 – 12,98€ (também já provei e foi dos últimos LBVs que bebi que mais gostei)

Cuidado com o LBV 2000 da QT. Noval porque é a versão filtrada. Dou um doce a quem encontrar esta versão do LBV classificada numa revista ou guia de compras da especialidade.


Boas compras!


P.S. (1) Sim é verdade, não apresento brancos.

P.S. (2) No Feira Nova e no Jumbo já está à venda o guia de compras de 2007 do João Paulo Martins

P.S. (3) O panfleto promocional da feira de vinhos do Feira Nova é feito em conjunto com a Blue Wine. É impressão minha ou parece que todos os vinhos que compõem a lista apresentada e que já foram provados pela BW são boas compras? Como é que se percebe que se recomende um vinho que obteve 13 valores (limite mínimo para ser classificado) como boa compra? Mais, como explicar ao consumidor que um vinho que custa 6,28€ e obteve 13,5 valores é tão boa compra como outro que custa 1,58€ e obteve a mesma classificação? Qual foi o critério?

P.S. (4) Um valente puxão de orelhas para o Feira Nova e Jumbo na questão dos acessórios. Não é admissível que estejam a publicitar para vinho determinados conjuntos de copos, nomeadamente aqueles meia-lua (ballon). Ainda por cima o Feira Nova chama-lhes colecção Bacchus. É sempre nos pormenores que nós portugueses falhamos. Estraga-se a mensagem vinculada nas páginas anteriores da importância da temperatura porque alguém não teve este cuidado. É pena.

13 comentário(s):

Pingus Vinicus disse...

Rui, apenas uma pequena correcção. Quem provou o Touriga Nacional da Dona Ermelinda foi o Nuno do Saca-a-rolha.

Uma abração para vocês

Rui Miguel, o Pingus

rui disse...

Pingus,

eu escrevi isso porque tu nos comentários que fizeste ao post Hipermercados em feira (1) recomendaste esse vinho e mais o Qt. Baceladas. Confiando em ti, agora acrescentei nesta selecção esses vinhos. Nem sabia que tinha sido o Nuno a provar. Mas não faz mal, assim se as pessoas comprarem e não gostarem já sabem, deverão contactar para pedir explicações, no caso do Qt. Bacelas o Pingus Vinicus do Pingas no Copo, e no caso do Ermelinda Touriga Nacional é falar com o Nuno do Saca-a-Rolha. :)

A ver se não é só o nosso blog a sofrer de intolerância vínica.

Um abraço,
RC

p.s. Se vos chatearem muito, mandem-nos de volta para aqui porque nós já estamos habituados. :)

Pingus Vinicus disse...

Ok Ok Ok. Percebido e entendido... Eles que venham. Mesmo sozinho aguento com a malta, no problem :)

Um abraço, Rui

Anónimo disse...

Excelente análise e concordo que os vinhos do jumbo são os que apresentam melhores preços.
Mas queria fazer apenas um pequeno reparo, visto o feira-nova também ter o catálogo de vinhos online (pode ser que dê jeito para um futuro benchmark):

http://www.blue.com.pt/feiranova/

Abraços e bons copos,
FL

rui disse...

Caro FL,

obrigado pela informação. Como procurei no site da Jerónimo Martins não encontrei o catálogo online.

Mais 3 informações:
1 - O catálogo em papel do Modelo é diferente do catálogo online do Continente. Digo isto, porque geralmente eles costumam ser iguais (só muda o nome) e apesar de não ser muito melhor do que o Continente online, não tem por exemplo o Qt. Mouro referido no post.
2 - Já começou tb a feira no Corte Inglés. Dei uma vista de olhos no catálogo e não achei nada de especial (além do EVEL GC 2003, que ao que parece todos têm menos o Feira Nova). Geralmente costumam ter os vinhos mais caros que outros.
3 - No Jumbo os preços não só são melhores como tb existe uma melhor selecção de vinhos. E já agora continuo a preferir o modo de pageview do catálogo online do Jumbo: vê-se tudo, as garrafas, os preços, os símbolos, é como se estivéssemos a folhear o papel. Pessoalmente não tenho como principal filtro o preço na decisão de escolha, logo uma apresentação feita com base apenas no preço como a do Feira Nova não me diz nada. (Juro que não trabalho no Jumbo nem ganho qq comissão)

Um abraço,
RC

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Talvez pelo menor sucesso do "Saca", a torelância vínica é maior. Incluindo a minha.

Abraços,

N.

rui disse...

Nuno,

Nós não temos mais sucesso do que o ‘Saca’. Apesar de ultimamente ser o único a escrever, somos 5 a comentar, daí a sensação de maior participação. Aliás, devem ser os mesmos leitores que nos visitam e vão rodando os vários blogs à procura de novidades (leia-se post novos). É como se parassem numa banca de jornais e espreitassem as gordas dos jornais desportivos a ver se lhes interessa. É já um hábito matinal, voltam à carga na hora de almoço, e alguns à noite. Depois ao fim-de-semana devem comprar o Expresso ou Sol porque deixa de haver acessos. :)


Um abraço,
RC

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Rui,

Percebo o que dizes. Com o "Saca" acontece o mesmo.

Abraço,

N.

Pingus Vinicus disse...

É um procedimento comum também no Pingas.

Um abração para todos
Rui

Anónimo disse...

Caros, eu sou um dos leitores assiduos dos vossos (3) blogues. Que muito aprecio pelo estilo desprendido e despretencioso - e pelo servico publico que prestam a quem gosta da boa pinga. Pecam um subsidio a quem de direito que eu subscrevo a peticao. Abracos a todos do Anonimo, obrigado pela carolice.

rui disse...

Caro anónimo,
desculpa a resposta à estrela rock decadente: “... enquanto tiver palavras de apoio como estas continuarei a cantar”. :)

Isto é mesmo feito por carolice, pois por vezes a motivação falta e é mais o compromisso (virtual é verdade, pois ninguém me paga) que me faz sentar à frente do computador e escrever.

Um abraço,
RC

weirdo disse...

Bem sei que este meu comentario já vem tarde, mas note que há um certo preconceito ainda sobre os Vinhos da Estremadura - e os Quinta de Pancas? e os Casa Santos Lima (as dezenas de marcas!), os DFJ, os Margem D'arada, tantos...
Sendo um dos bloggers de Mafra, proponho que façam uma prova de vinhos da Estremadura, e que tenham em conta os preços...
Já agora, belo wine blog!!!

rui disse...

Caro Weirdo,

Antes do que tudo: bem vindo ao nosso blog. Não foi fácil encontrar o seu comentário pois o Blogger apenas nos avisa que o houve um comentário novo (de pessoas com profile) mas não nos diz em que post.

O nosso blog não está vocacionado para provas de vinhos, aliás só publicamos as notas dos vinhos que bebemos porque senão era uma seca de texto e as pessoas cansavam-se num instante. Assim, de vez em quando, isto até é animado.

Como referimos amiúde, os vinhos que bebemos são aqueles que queremos realmente beber sem uma intenção específica de cobrirmos todas as zonas geográficas ou gamas de preços. E isto porquê? Porque nos falta tempo para provarmos os vinhos que queremos, quanto mais arranjar tempo para provar vinhos apenas com a intenção de cobrir esta ou aquela região.

Concordo consigo que bebemos poucos vinhos da Estremadura, porque é uma evidência, e acredito que haja bons vinhos, mas a verdade, e tenho que ser sincero, é que não sinto necessidade vontade de beber vinhos de certas regiões. Precisam de ser mais persuasivos ... e devem criar essa necessidade.


Um abraço,
RC

Template original desenhado por Dzelque Blogger Templates